Saúde RSS Cruzeiro do Sul

Unidades Básicas de Saúde acolhem a comunidade para o Setembro Amarelo

Equipe da UBS do bairro Passo de Estrela já está nos preparativos para a campanha Setembro Amarelo (Foto: Marcio Steiner)
Equipe da UBS do bairro Passo de Estrela já está nos preparativos para a campanha Setembro Amarelo (Foto: Marcio Steiner)

Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção. A campanha ocorre desde 2014.

Em Cruzeiro do Sul as três Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estão se preparando para realizar uma acolhida especial aos usuários, mostrando a importância do tema. Além disso, a Secretaria Municipal da Saúde e Saneamento está com várias atividades previstas, com alusão ao Setembro Amarelo.

Dentro da programação, no dia 28 de agosto, ocorreu uma capacitação para todas as agentes de saúde, oferecida pela equipe da Saúde Mental, enfatizando o cuidado e abordagem do tema nas famílias que estes profissionais atendem. Conforme a secretária da Saúde e Saneamento, Aline Flores, no município há vários casos de pessoas que precisam de acompanhamento, inclusive entre o público jovem.

Durante o mês de setembro, as UBSs também estarão distribuindo material informativo para a comunidade. Mas o principal evento, voltado à comunidade, para debater o tema suicídio, está agendado para a noite do dia 5, terça-feira, tendo por local o salão da Comunidade Católica, no Centro. Conforme coordenadora e psicóloga da equipe da Saúde Mental, Valdireni Kronbauer Leonhardt, para poder ter mais conhecimento sobre o tema, a Secretaria, junto com a Saúde Mental do município, está trazendo o psiquiatra Rafael Moreno.

O evento, para a comunidade em geral e profissionais de todas as áreas, inicia às 19h30min. A duração será de uma hora. A partir das 20h30min o debate será para profissionais da Saúde. Moreno, é psiquiatra, mestre, professor do curso de medicina da Univates, coordenador da residência médica em psiquiatria da Rede Sulina Divina Providência e coordenador do Comitê de Prevenção do Suicídio da Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul. Serão abordados assuntos que dizem respeito a mitos e verdades sobre o suicídio, como perceber que uma pessoa está com ideação suicida e também colocar o suicídio como um problema de todos.

Conforme o psiquiatra, o suicídio é um fenômeno complexo que envolve múltiplas causas e que afeta, além de suas vítimas, “os sobreviventes”. Envolve profissionais de saúde e outros setores direta ou indiretamente que lidam com o problema do cotidiano. Portanto, conforme Moreno é necessária à participação de toda sociedade na sua prevenção.

Texto: Ascom Cruzeiro do Sul