Saúde RS RSS

Unimed VTRP comemora marca de 20 cadeiras de rodas doadas para a comunidade

Doação de cadeira de rodas para a Associação do Idoso de Anta Gorda (Foto: Divulgação)
Doação de cadeira de rodas para a Associação do Idoso de Anta Gorda (Foto: Divulgação)

Facilitar o acesso de pessoas com deficiência e promover a consciência sobre o futuro do planeta. Estas duas atitudes ajudam a entender o conceito de sustentabilidade que a Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP) busca reforçar a cada ano nos municípios onde atua. Uma das ações que marca esse objetivo é a campanha Eu Ajudo na Lata, que teve resultados muito expressivos em 2017. Na última semana do ano que recém terminou a Unimed VTRP realizou a doação da 20ª cadeira de rodas. Todas elas foram adquiridas por meio da venda dos lacres que são recolhidos nos pontos de atendimento da cooperativa.

A doação mais recente foi para o Hospital São José de Arroio do Meio. Conforme a gerente administrativa Fabiane Hammes Gasparotto, em momentos onde todos os recursos precisam ser cirurgicamente investidos, esta parceria é fundamental para a manutenção de um bom atendimento. “Ficamos felizes com a doação, que chega em boa hora, e será muito útil para os nossos pacientes”, observa.

Nestes cinco anos de campanha, foram nove cadeiras para instituições do Vale do Taquari, sete para o Vale do Rio Pardo e quatro para a Região do Jacuí. As oito cadeiras de 2017 foram doadas para a Secretaria de Assistência Social de Estrela, para a Secretaria de Assistência Social de Taquari, para o Lar de Idosos de Charqueadas, para o Hospital Vera Cruz, para o STR de Estrela, para o Hospital Bruno Born, para a Associação do Idoso de Anta Gorda e para o Hospital São José, de Arroio do Meio.

O Eu Ajudo na Lata recebe os lacres das latas de alumínio, vende o material e reverte este valor na compra de cadeiras de rodas, posteriormente doadas a instituições sociais que atendem pessoas com alguma dificuldade para se locomover.

“Na prática, os lacres das latas de bebidas, que a maioria das pessoas coloca no lixo, contribuem diretamente nesta aquisição das cadeiras. Reforçamos sempre que a campanha não visa estimular o consumo de bebidas industrializadas mas sim, a correta destinação dos resíduos. O alumínio como lixo agride o meio ambiente e com a campanha pode se transformar numa melhor qualidade de vida de muitas pessoas”, lembra a coordenadora de Sustentabilidade da Unimed VTRP, Jelci Danieli.

Mobilização regional

O êxito da campanha em 2017 se deu muito em função do empenho das comunidades na arrecadação dos lacres. Mais de uma centena de escolas e instituições da área de abrangência da Unimed VTRP está envolvida na causa. Nas escolas, crianças, adolescentes, professores e corpo diretivo mostraram que reciclagem, preservação e boas ações também fazem parte dos ensinamentos.

Dentre as escolas que colaboram com a campanha, o Colégio Sinodal Gustavo Adolfo, de Lajeado, por exemplo, lançou no Festival do Livro que realiza anualmente uma ação de conscientização ambiental. O Coral Infantil gravou um videoclipe estimulando o cuidado com o planeta e a arrecadação de lacres para a campanha Eu Ajudo na Lata. Também em Lajeado, o Colégio Madre Bárbara se mobilizou, e entregou em dezembro 67 garrafas com lacres. “A participação das escolas é fundamental neste processo. É uma parceria que acontece desde o primeiro ano, e vem crescendo cada vez mais”, enaltece Jelci.

A campanha chegou com força no ano que passou também na divisa entre o Vale do Taquari e o Vale do Rio Pardo. Estimulados pelo diretor de Meio Ambiente da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Mato Leitão, Antônio Augusto Machado, os alunos e professores da Escola Estadual Poncho Verde também passaram a recolher os lacres.

Além de trabalhar na prefeitura de Mato Leitão, ele é professor no curso Técnico em Meio Ambiente no Instituto de Educação Pereira Coruja de Taquari, que também aderiu à campanha. “É uma maneira de conscientizar as crianças e ajudar a planeta”, garante.

No Vale do Rio Pardo, também foram destaques a mobilização do pequeno Roberto Ziebell Freire, 5 anos, morador da localidade de Linha Henrique D’Ávila, município de Vera Cruz. Durante o ano, ele mobilizou a comunidade onde mora, e angariou centenas de lacres. O santa-cruzense Arthur Rehling Kolosque, 9 anos, membro do Grupo Escoteiro Santa Cruz, também realizou doação de lacres pelo terceiro ano consecutivo.

Como participar?

Basta entregar os anéis de alumínio nos pontos de atendimento da Unimed VTRP. Para adquirir uma cadeira são necessários, em média, 180 quilos de alumínio, aproximadamente 300 garrafas pet de dois litros cheias de lacres. Mais informações podem ser obtidas na área de Gestão da Sustentabilidade da Unimed VTRP pelo e-mail sustentabilidade@unimedvtrp.com.br ou pelo telefone (51) 3714-7135.

Doações arrecadadas pela Unimed VTRP desde 2013:

2013 – 543 quilogramas – 905 garrafas;
2014 – 514 quilogramas – 856 garrafas;
2015 – 507 quilogramas – 845 garrafas;
2016 – 527 quilogramas – 878 garrafas;
2017 – 671 quilogramas – 1118 garrafas;
Total 2013-2017: 2.762 quilogramas – 4.602 garrafas.

Texto: Ascom Unimed VTRP