Região RSS Destaques Geral

Unimed VTRP repassa 110 mechas de cabelo à Liga de Combate ao Câncer

Representantes da Liga, Fabiani e Rejane, com a coordenadora da área de Gestão de Sustentabilidade da Unimed VTRP (Foto: Divulgação)
Representantes da Liga, Fabiani e Rejane, com a coordenadora da área de Gestão de Sustentabilidade da Unimed VTRP (Foto: Divulgação)

Nos últimos cinco meses, a Unimed Vales do Taquari e Rio Pardo (Unimed VTRP) recebeu a doação de 110 mechas de cabelo de clientes, colaboradores e pessoas da comunidade. O material foi repassado à Liga Feminina de Combate ao Câncer de Lajeado, na última semana, na sede da cooperativa médica.

Segundo a presidente da Liga, Fabiani Delazzeri, esses cabelos servirão de matéria-prima para a confecção de perucas que serão usadas por pacientes em tratamento oncológico. Atualmente, a entidade atende uma média de 75 pessoas por mês, com repasse de suplemento alimentar e empréstimos de materiais como perucas, lenços e próteses mamárias externas.

“O trabalho da Liga também está bastante voltado à prevenção, como forma de minimizar custos e danos à saúde. Por isso, em nossas palestras, chamamos muito a atenção para a importância da detecção precoce”, comentou Fabiani, que compareceu à Unimed acompanhada da voluntária Rejane Zonatto.

Elas aproveitaram para divulgar a programação desta semana, alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Câncer (27). Nesta sexta, ocorrerá a Caminhada das Sombrinhas, com saída da Praça Matriz, às 16h. E de sexta a domingo será realizado, no Shopping Lajeado, o Grande Bazar da Liga, com venda de produtos para arrecadação de recursos para manutenção da entidade.

Segue a arrecadação

A coordenadora da área de Gestão de Sustentabilidade da Unimed VTRP, Jelci Danieli, reforça que segue a coleta de doações de cabelo, e também de lenços, que podem ser entregues nos pontos de atendimento de toda a região de abrangência da cooperativa médica. “Estamos muito felizes com o volume de doações. No primeiro semestre já havíamos repassado 295 mechas para a ONG Cabelaço, com o mesmo propósito: produção de perucas para pacientes em tratamento”, recorda a gestora.

Para doação, a mecha deve estar atada e conter pelo menos 15 centímetros de comprimento. Todos os tipos de cabelos são aceitos, inclusive com tinturas ou químicas. Outras informações podem ser obtidas com área de Gestão de Sustentabilidade, pelo e-mail sustentabilidade@unimedvtrp.com.br.

Texto: Ascom Unimed VTRP