RSS Rural - Agricultura Estrela

Usina irá produzir gás natural e adubo a partir de resíduos

Empreendimento funcionará na Linha Delfina (Imagem: Divulgação)
Empreendimento funcionará na Linha Delfina (Imagem: Divulgação)

Está em fase de análise a emissão da Licença de Instalação para um novo empreendimento, que ocupará uma área de sete hectares na Linha Delfina, em Estrela. Trata-se da Usina de Tratamento de Efluentes e Resíduos (Uter) que irá produzir 44 mil metros cúbicos de gás natural (metano) por dia e 550 toneladas de adubo orgânico (por dia útil). Além disso, vai filtrar gases como CO2.

A indústria vai receber 740 toneladas por dia de resíduos gerados nas atividades agropastoris (esterco de aves, dejetos suínos, e bovinos e carcaças ) e de atividades agroindustriais (frigoríficos, laticínios, incubatórios, fábricas de doces, produtoras de ração, resíduos de caldeiras e de refeitórios). A Uter vai processar esses resíduos, agregando valor, ou seja, vai transformar os dejetos em energia( gases) e produzir adubo para revender ao produtor.

O investimento é de 100 milhões de reais. A usina vai empregar mais de 40 pessoas de forma direta, além de um grande número de pessoas terceirizadas. Para possibilitar o início dos investimentos foram realizados estudos prévios, além dos exigidos pela legislação. O empreendimento já possui a Licença Prévia da Fepam.  Todos os estudos ambientais foram elaborados pela empresa Ambientar Consultoria Ambiental.

A geração de resíduos orgânicos na região é elevada, muitas vezes esses dejetos são descartados de forma inadequada, gerando prejuízos ao meio ambiente. A produção da usina vai trazer benefícios para a natureza e aquecer a economia com a geração de energia.

Texto: Portal Região dos Vales/Ascom Uter