Social Lajeado

Usuários da rede socioassistencial de Lajeado recebem certificado de conclusão de curso

Pessoas atendidas pela rede socioassistencial de Lajeado receberam na tarde de quinta-feira, 22/08, os certificados de conclusão do curso que realizaram no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Lajeado. A cerimônia aconteceu na unidade do SENAI de Lajeado e contou com a presença do Coordenador Técnico de Educação do SENAI Lajeado Marcelo Schedler, da assistente técnica do SENAI Rosane Sott Bonna , das assistentes sociais Céci Maria Gerlach e Marina Alves dos Reis, e do diretor da Sedetag, diretor da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura (Sedetag), Carlos Alberto Martini.

Uma parceria entre as Secretarias do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sthas) e da Sedetag, oportunizou que 16 usuários atendidos nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) Espaço de Todos Nós e Espaço de Cidadania, Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM) e Abrigo São Chico, realizassem o Curso Básico para Cozinha, com o objetivo de facilitar a inserção deles no mercado de trabalho e, dessa forma, contribuir na expansão e autonomia do cidadão através da geração de renda.

A assistente social e responsável pela pasta do Trabalho, Marina Reis, conta que dos 16 formandos, 6 se matricularam em outro curso da área de gastronomia oferecido pelo SENAI.”Ficamos contentes em ver que o curso além de proporcionar uma qualificação certificada em Básico de cozinha, também os motivou a buscar ainda mais aperfeiçoamento em um novo curso de Básico para confeiteiro, dessa forma abre um leque de novas possibilidades no mercado de trabalho” ressaltou Marina.

Uma das participantes foi Thalia Garcia da Silva (21). “O curso foi muito bom pra mim, pois aprendi sobre os cortes das carnes, preparação, refrigeração e muitas variações de pratos. Mas como a gente precisa sempre melhorar, estou aproveitando para fazer o curso de Confeitaria, pois pretendo trabalhar nesta área”, disse Thalia.

O investimento foi de R$ 9.980,00, por parte da Sedetag. Já a Sthas ficou responsável pela seleção dos interessados em realizar o curso. Ministrado pela professor Paulo Ricardo da Silva, o curso teve 40 horas/aula, com início em 05/08. Durante este período, os participantes aprenderam boas práticas de fabricação e segurança no trabalho, elaboração e finalização de preparações, práticas na elaboração com cereais diversos, preparações com carnes, massas e molhos, métodos de cocção e, também, saladas.

 

 

Assessoria de Imprensa de Lajeado