Coronavírus Saúde Vale do Taquari Destaques

Vale do Taquari tem nove casos confirmados de coronavírus

O Informe Epidemiológico do Centro de Operações de Emergência (COE) atualizou, no final da tarde de ontem, o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). No Vale do Taquari, são nove pessoas que testaram positivo para a indecção.

Lajeado é o quinto município do Rio Grande do Sul com mais registros, totalizando cinco. Em Anta Gorda são dois, um Cruzeiro do Sul e um em Estrela. Os casos confirmados em Lajeado são de um homem de 60 anos (estado estável), de um homem de 57 anos (estado grave), um homem de 57 anos que está em isolamento domiciliar, um jovem de 22 anos que está em isolamento e uma mulher de 48 anos que também está isolada em casa.

Rio Grande do Sul

Em todo o Rio Grande do Sul são 162 casos. Entre os casos confirmados, 65 (40%) são do sexo feminino e 97 (60%) do sexo masculino. A faixa etária com maior número de casos é a dos 50 aos 69 anos, com 63 casos (39%). Porto Alegre é o município com mais registros, totalizando 87 casos. Na madrugada de quarta-feira, o óbito de uma mulher de 91 anos foi confirmado, sendo a primeira morte por Covid-19 no Estado.
Brasil

O Ministério da Saúde informou que são 2.433 casos confirmados e 57 óbitos, sendo 48 no estado de São Paulo e seis no Rio de Janeiro. As informações foram divulgadas às 17h de ontem.
Isolamento é primordial
A coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Lajeado, Juliana Demarchi, explica que as pessoas devem permanecer em casa, porque é neste momento que os órgãos de saúde estão identificando os casos positivos e onde há circulação viral. A profissional salienta que o vírus tem uma transmissão ágil e se propaga rapidamente na população, por isso a necessidade do isolamento. “Como o vírus já está na comunidade, ele já é considerado de transmissão comunitária. Portanto, não é mais possível identificar quem são as pessoas portadoras do vírus”, frisa.

O isolamento de 15 dias proposto pelos especialistas é fundamental para que as pessoas façam a eliminação viral sem contaminar a população em geral. “Desta forma, esse isolamento social vai garantir que o menor número de pessoas seja infectada, que é o que todos os órgãos, serviços e também o que a população deseja. É só desta forma, diminuindo as aglomerações e a circulação de pessoas, que a gente vai poder garantir que o vírus não vá circular com tanta velocidade e nem atingir um número grande de pessoas”, explica a coordenadora.

Sobre os grupos de riscos, Juliana ressalta que as pessoas idosas ou que tenham qualquer comprometimento de saúde, seja doença pulmonar ou cardíaca ou, ainda, diabetes, têm evoluído para casos graves com maior probabilidade.

Encantado terá centro de triagem para casos suspeitos de coronavírus

Em uma reunião realizada na tarde de terça-feira, o Executivo, direção e corpo clínico do Hospital Beneficente Santa Terezinha (HBST) e Câmara de Vereadores discutiram estratégias de combate ao novo coronavírus. A principal delas foi o pedido de autorização ao Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Taquari (Consisa-VT), já concedido, para que o Centro Regional de Oftalmologia seja temporariamente transformado em um centro de triagem para casos suspeitos. Assim, os atendimentos costumeiros do local estão suspensos por 30 dias, ou seja, veículos de outros municípios não deverão ir para Encantado neste período.

Conforme a secretária municipal de Saúde, Clarissa da Rosa Pretto Scatolla, a recomendação é para que a comunidade não se desloque até o centro, localizado na Rua Guerino Lucca, nas proximidades do hospital. Caso o cidadão sinta algum sintoma gripal, ele deve fazer contato telefônico pelo número (51) 99841-0235. Se houver necessidade de encaminhamento, os casos considerados suspeitos serão atendidos por uma equipe do HBST nas dependências do centro de triagem.  Os profissionais da casa da saúde, a partir desse contato, vão orientar os pacientes para internação ou coleta de material para envio ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen/RS), conforme o quadro clínico.