RS Polícia

Viagem Segura de Nossa Senhora Aparecida fiscaliza mais de 28 mil veículos

A Operação Viagem Segura registrou 223 acidentes de trânsito nas ruas, rodovias e estradas gaúchas, dos quais resultaram 10 mortos e 161 feridos (Foto: Divulgação/Detran RS)
A Operação Viagem Segura registrou 223 acidentes de trânsito nas ruas, rodovias e estradas gaúchas, dos quais resultaram 10 mortos e 161 feridos (Foto: Divulgação/Detran RS)

Da meia-noite de quarta-feira (11) até a zero hora de domingo (15), 28.082 veículos foram fiscalizados na Operação Viagem Segura de Nossa Senhora Aparecida. Também foram registradas 7.681 mil infrações e recolhidos 786 veículos irregulares nos cinco dias da ação.

A 79ª edição da Operação Viagem Segura ainda registrou 223 acidentes de trânsito nas ruas, rodovias e estradas gaúchas, dos quais resultaram 10 mortos e 161 feridos.

No combate à alcoolemia, 2.353 condutores foram solicitados a fazer o teste do etilômetro, dos quais 51 foram autuados por teste positivo, sendo 30 enquadrados em crime de trânsito (58,8%). Do total, 85 motoristas recusaram-se a soprar o etilômetro e vão sofrer as mesmas sanções administrativas do teste positivo, ou seja, multa de R$ 2.934,70 e suspensão da CNH pelo período de 12 meses. Em caso de reincidência em um ano, é aplicada a multa em dobro e é instaurado Processo de Cassação do Direito de Dirigir em desfavor do infrator.

Sobre a Viagem Segura
Atuam na Operação Viagem Segura a Brigada Militar, o Comando Rodoviário da BM e a Polícia Rodoviária Federal, além de órgãos de trânsito municipais (EPTC, em Porto Alegre), ANTT, Dnit, Daer, EGR, Famurs, Metroplan, Cetran RS, Sest/Senat e representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club.

As 79 edições da Viagem Segura realizadas até agora contabilizam mais de 5 milhões de veículos fiscalizados e 174,6 mil testes de etilômetro realizados. Foram registradas mais de 852,4 mil infrações, sendo 16,8 mil autuações por embriaguez, incluindo as recusas ao teste do bafômetro. A fiscalização também recolheu 82,6 mil veículos e mais de 22,1 mil CNHs.

Texto: Ascom RS