RSS Destaques Geral Westfália

Westfália completou 21 anos de história

Desde sua criação, Município segue em constante desenvolvimento (Imagens Aéreas RS Produções)
Desde sua criação, Município segue em constante desenvolvimento (Foto: Imagens Aéreas RS Produções)

Westfália é um município de destaque no Vale do Taquari. Formada pelas localidades de Linha Frank, Linha Schmidt, Linha Berlim (Picada Moltke, Picada Bismark, Picada Horst, Berlim Centro e Fundos) e Linha Paissandu (antes conhecida como Picada Krupp), a cidade segue em desenvolvimento constante, tendo a produção primária como um dos principais pilares de sua economia.

São 21 anos de emancipação (24 de março de 1996) e 17 anos de instalação (1º de janeiro de 2001). Sua história inicia com a chegada de imigrantes alemães vindos, em sua maioria, da região da Westphalia, na Alemanha, e de descendentes de alemães, originários de Hunsrück, a partir do ano de 1869.

Os imigrantes que aqui chegaram enfrentaram muitas dificuldades. Mas, isso não foi empecilho para que formassem suas comunidades, construindo casas, escolas, igrejas e comércio. As comunidades formadas pelos imigrantes alemães foram crescendo aos poucos e se tornaram bonitas e economicamente fortes.

Linha Frank, Linha Schmidt e Linha Paissandu pertenciam ao município de Teutônia, enquanto que Linha Berlim pertencia a Imigrante. Westfália emancipou-se dos dois municípios no ano de 1996, sendo que recebeu o nome em homenagem aos imigrantes alemães vindos da região de Westphalia.

A criação do Município se deve à luta e determinação de diversas pessoas, lideradas pelo empresário Enio Grave (in memoriam). O grupo se uniu e então apresentou a proposta da emancipação nas diversas comunidades. Posteriormente, encaminhou o pleito à Assembleia Legislativa.

Após uma luta incansável, que durou anos, o pedido foi aprovado e a realização do plebiscito ocorreu em 24 de março de 1996, tendo sido a manifestação da população em favor da emancipação. Em 16 de abril de 1996, através da Lei Estadual de nº 10.574, Westfália foi criada. Porém, sua instalação, com administração própria, ocorreu somente no dia 1º de janeiro de 2001.

Se Westfália é, hoje, destaque no Vale do Taquari e no Rio Grande do Sul, é graças a determinação da Comissão Emancipacionista. A história seguiu sendo escrita nas gestões dos prefeitos Alcido Lindemann e Sérgio Marasca, acompanhados dos vices Rudimar Hinnah e Otávio Landmeier, respectivamente, que, ao lado do Poder Legislativo, sempre primaram pelo crescimento e desenvolvimento do Município.

Responsabilidade com a comunidade westfaliana
O prefeito Otávio Landmeier e a vice-prefeita Evanete Inez Horst Grave assumiram o Poder Executivo em 2017. Ambos integraram a Comissão Emancipacionista. Para Landmeier, é uma honra fazer parte da história de Westfália. “Mas, acima de tudo, temos uma missão de muita responsabilidade com a comunidade westfaliana. Precisamos, cada vez mais, trabalhar para que o nosso município cresça de forma ordenada, pensando na sustentabilidade”, enaltece, reforçando que é preciso fazer com que o Município seja um lugar bom de viver não somente agora, mas também para as futuras gerações.

Para este ano, a Administração Municipal tem, em vista, muitos projetos. Entre eles, estão: ampliar as pavimentações asfálticas, tanto na cidade quanto no interior; recuperação de pavimentações; melhorar os incentivos à Produção Primária; apoio à indústria e comércio; continuar a estruturação do Parque Municipal de Eventos; concretizar a construção das calçadas de passeio na Avenida Henrique Uebel; ampliar os atendimentos na Unidade Básica de Saúde; fazer a reforma do Centro Municipal de Atendimento no Turno Inverso às Aulas (Cematia); com recursos federais, iniciar a construção da Creche Municipal; seguir incentivando às entidades; trabalhar projetos diferenciados nas escolas municipais; executar o projeto para finalizar a estrutura da academia de saúde próxima ao Parque de Eventos; instalar academias de saúde no interior; oferecer melhor estrutura no Parque de Máquinas; resolver as questões de enchente no Travessão; manter em boas condições os acessos às propriedades rurais; entre outros, beneficiando todos os setores.

Apesar de estar somente no terceiro mês de mandato, como prefeito, Otávio Landmeier diz estar satisfeito com o trabalho de todas as secretarias e colaboradores. “A verdadeira avaliação é da população, mas sabemos que nossa equipe está empenhada em atender bem aos munícipes”, avalia.

Por fim, Landmeier deixa uma mensagem aos westfalianos pela passagem dos 21 anos de emancipação política e 17 anos de administração própria. “Queria deixar uma mensagem de otimismo aos nossos munícipes, mas também ciente da necessidade de fazer um trabalho sério e honesto na Administração de Westfália. Temos muitas conquistas para comemorar, e sabemos que nem tudo são flores. Temos espinhos a enfrentar. Estamos preparados para atravessá-los com muito empenho, união e trabalho em equipe”, pontua o prefeito.

“Acreditem em Westfália”
Evanete Inez Horst Grave é a primeira mulher a fazer parte do Poder Executivo westfaliano. Pelo fato de ter integrado a Comissão Emancipacionista, sente-se orgulhosa em fazer parte da história, uma vez que Westfália tornou-se um município em constante crescimento. A partir da emancipação, recorda que sentia a necessidade de fazer parte da política. “Por isso, me candidatei à vereança por dois mandatos, sendo eleita. Permaneci no Legislativo de 2009 a 2016. E hoje ocupo o cargo de vice-prefeita com muito orgulho e alegria”, resume.

A vice-prefeita ressalta que o trabalho ao lado do prefeito Otávio Landmeier tem sido de muita parceria, pensando sempre no melhor para a comunidade westfaliana. “Nessa função, temos o compromisso de fazer uma boa gestão. E é preciso salientar que o nosso gabinete está sempre aberto para ouvir as demandas da nossa comunidade”, pondera Evanete, ressaltando que os primeiros meses de mandato foram de muitas funções.

Junto às secretarias, o Poder Executivo tem trabalhado em sintonia, assim como com todos os colaboradores e comunidade. “É um trabalho em conjunto: Poder Executivo, Poder Legislativo, secretarias, colaboradores e comunidade. Este é o nosso diferencial para buscarmos, junto, o crescimento de Westfália”, enaltece, observando que a valorização dos servidores é de suma importância, até porque cada um é igual e dá sua contribuição para o desenvolvimento do Município.

Como mensagem pelos 21 anos de emancipação e 17 anos de instalação, a vice-prefeita apenas pede que o povo acredite em Westfália. “Confiem em nós e no nosso trabalho, assim como de nossos colaboradores. Faremos sempre o melhor por nossa querida e pujante Westfália”, pontua Evanete Inez Horst Grave.

Texto: Ascom Westfália