Política Destaques Westfália

“2021 foi um ano difícil, mas o sentimento é de dever cumprido”

Em dezembro, Docena e Spellmeier fecharam o primeiro ano de governo. A arrecadação do Município, em 2021, chegou a R$ 31 milhões

Desafiador e de metas alcançadas. É dessa forma que Joacir Antônio Docena e Clécio Spellmeier definem o primeiro ano de governo. “2021 foi um ano difícil, mas o sentimento é de dever cumprido. Encaramos desafios, resolvemos pendências e conseguimos alcançar muitos dos objetivos que tínhamos para o primeiro ano frente à Administração Municipal de Westfália”, revelam.

A arrecadação do Município, em 2021, chegou a R$ 31 milhões. Deste montante, os gastos em Saúde chegaram em 17% e os gastos em Educação alcançaram 25%, além de 17% investidos em Agricultura e 15% em Obras. Iniciativas importantes foram desenvolvidas em todas as áreas, primando sempre pelo bem comum.

Dentre as ações desenvolvidas pelo poder público em 2021, além da manutenção e aperfeiçoamento de serviços, programas e incentivos, cabe destacar: desenvolvimento do programa “Saúde mais perto de você”, com visitas domiciliares de profissionais e realização de curativos; instalação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), com contratação de veterinária; correção da divisa com Boa Vista do Sul (Linha Berlim Fundos); conclusão de pavimentação em Linha Frank; ajustes de parte do Plano Diretor Participativo e Sustentável – PDPS (interior); iluminação e arborização do Parque Municipal de Eventos; andamento à perfuração e ajustes nos poços artesianos; roçadas em terrenos baldios da cidade; iluminação em LED em diversas vias do Centro; e construção de banheiros públicos junto à Prefeitura.

A recuperação de vias municipais pavimentadas (tapa-buracos), por exemplo, iniciou em 2021 e segue em andamento. A Praça da Amizade, no Centro, e as academias ao ar livre, no interior, também devem ser concluídas em breve. “As melhorias nas vias do Município eram uma necessidade urgente e, felizmente, conseguimos dar início às obras ainda no primeiro ano de governo. A revitalização da Praça da Amizade também era um anseio das famílias e em breve deverá estar concluída, do mesmo modo que as academias do interior, as quais serão novos espaços de lazer para os westfalianos”, ressalta Docena.

A discussão sobre uma possível extinção dos municípios foi retomada neste ano na esfera federal. Westfália integra a lista de municípios recentemente emancipados e, portanto, a mobilização pela não extinção não deixa de ser uma importante ação do poder público. “Os gestores dos municípios atingidos, a Associação dos Municípios do Vale do Taquari (AMVAT), a Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) trabalharam, em conjunto, para derrubar a extinção. Recentemente, tivemos a notícia de que a legislação foi alterada e esta hipótese está descartada. A dedicação de todos e a coletividade foram fatores importantes para esta decisão”, considera Docena.

Apesar de ser um ano desafiador, com diversos percalços, o prefeito avalia 2021 como um ano de metas alcançadas. “Diversas ideias do nosso Plano de Governo, se ainda não concluídas, foram estudadas e traçadas para que saiam do papel com brevidade. Estamos otimistas com os próximos anos e garantimos que daremos o nosso melhor, sempre, pelo desenvolvimento da nossa querida Westfália”, considera o chefe do Executivo westfaliano.

De olho no futuro

Para 2022, o orçamento de Westfália está projetado em R$ 29 milhões. Os projetos, para os próximos anos de governo, são diversos. Entre eles, destacam-se: dar início ao projeto de realização da Feira do Produtor em parceria com a Emater/RS-Ascar; estudar a colocação de uma Balança Municipal; dar andamento ao projeto de instalação das câmeras de videomonitoramento; realizar melhorias nas escolas, inclusive com investimentos na área tecnológica; reformar o prédio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Departamento Municipal de Assistência Social (DMAS); dar início ao projeto de construção de calçadas no interior; recapear a Avenida Henrique Uebel e pintar todas as vias municipais; pavimentar vias da cidade e do interior; e realizar ajustes necessários no PDPS para a cidade.

A prioridade, segundo o chefe do Executivo westfaliano, é investir nas novas instalações para a Escola de Educação Infantil (EEI) Mônica, tendo em vista que a demanda por vagas cresce todos os anos. “Queremos fortalecer o modelo de escola comunitária e seguiremos auxiliando naquilo que for necessário. O primeiro passo é conseguir um espaço adicional para a escola e, sempre que preciso, adquirir novas vagas para as crianças”, explica o prefeito.

Docena diz que seu gabinete está à disposição da comunidade westfaliana. “Estas são apenas algumas das ações que almejamos executar nos próximos anos de governo. Estamos abertos ao diálogo e para sanar as necessidades da nossa população. O gabinete é de todos, sendo um espaço para a troca de ideias. O que estiver ao alcance do poder público será feito, sempre com o olhar voltado ao bem comum e à qualidade de vida da nossa gente”, pontua.