Comércio Indústria Encantado Destaques

Após adesão expressiva de participantes, ACI-E divide Núcleo do Turismo em dois eixos

O número expressivo de adesões nas primeiras reuniões de formação do Núcleo de Turismo
leva a Associação Comercial e Industrial de Encantado (ACI-E) a dividir o grupo em dois eixos.
As temáticas definidas são Gastronomia e Hotelaria e Atrações, Eventos e Negócios para o
Turismo.

Conforme a executiva da entidade, Bernardete Rissi, a divisão foi necessária para seguir a
metodologia do programa Empreender, que limita as participações em 30 empresas. “Por
conta da diversidade de negócios e da necessidade, a opção por dividir é para que o plano de
ações seja mais efetivo e eficaz. Assim conseguimos atender a demanda”, explica.
Os coordenadores ainda não foram oficializados. Por enquanto, as empresárias Adriana Rizzi e
Glória Villa e o guia turístico Moises Gugel são os responsáveis por organizar as primeiras
atividades.

Planejamento

A criação do Núcleo do Turismo segue o planejamento da ACI-E para 2021. A iniciativa ganhou
força após a projeção internacional conquistada pela obra do Cristo Protetor e as
oportunidades que se abriram para impulsionar o mercado turístico na região.
“A nova indústria do turismo trará excelentes oportunidades de negócios. Precisamos estar
preparados. A união de ideias, a troca de experiências e a busca de soluções em conjunto para
nossas dificuldades são elementos que estarão presentes nos encontros do Núcleo”, destaca
Bernardete.

A presidente da ACI-E, Maria Cristina Castoldi, entende que o momento é de oportunidades.
“A construção do monumento do Cristo Protetor tem criado uma expectativa muito grande no
setor. A quantidade de interessados em integrar o Núcleo de Turismo retrata o espírito
empreendedor do nosso povo”, comemora.