Comércio Indústria Encantado

ACI-E Encantado: Nota oficial

A Associação Comercial e Industrial de Encantado (ACI-E) compartilha do sentimento de
injustiça experimentado pelos seus associados, especialmente pelos comerciantes, que estão
sendo afetados pelas medidas restritivas adotadas no Estado do Rio Grande do Sul neste
momento complexo, haja vista que a entidade defende que o exercício das atividades
econômicas de modo responsável não levou à atual situação da pandemia e do sistema de
saúde.

Por isso, a ACI-E trabalhou incessantemente nos últimos dias, junto com a Federação de
Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) e as demais afiliadas, para evitar o
fechamento do comércio e continuará trabalhando para que as restrições implementadas, a
princípio até o dia 7 de março, sejam revistas e levantadas o mais rápido possível.
Porém, em face ao cenário extremamente preocupante, não só no aumento do número de
casos confirmados da Covid-19, mas, sobretudo, no esgotamento do sistema de saúde do
Estado, com a lotação de leitos clínicos e de UTI nos hospitais de Encantado e da região, a
ACI-E conclama a todos associados para que continuem contribuindo ativamente nas suas
atividades empresariais e relações sociais, observando o distanciamento, o uso da máscara e
cumprindo os protocolos sanitários instituídos pelo Governo do Rio Grande do Sul.
A luta coletiva pela liberação do comércio junto ao Governo perde força a cada comerciante
que não atende aos protocolos estaduais.

No âmbito do município, a ACI-E reuniu-se com a Administração Municipal, obtendo apoio na
intensificação da fiscalização e desmobilização das aglomerações sociais ou de lazer neste
momento crítico e a manutenção do trabalho árduo na saúde, para que todos os cidadãos,
empresários e seus colaboradores tenham o melhor acolhimento, orientação de saúde e
tratamento médico para mantermos a tranquilidade na comunidade e prevenirmos ao máximo o
agravamento da saúde dos contaminados, que leva ao esgotamento da estrutura de
atendimento e hospitalar. Além disso, a ACI-E colocou-se à disposição da municipalidade para
auxiliar nas medidas em andamento e na busca de outras alternativas, inclusive, manifestando
apoio ao plano de vacinação.

O principal objetivo, nesse momento, é salvar vidas. Se não agirmos agora, no futuro próximo
poderemos ter que conviver com uma realidade muito mais grave e, por consequência,
ficarmos por mais tempo com nossas atividades restritas.

A ACI-E fica à disposição dos associados, que devem usar os canais de comunicação para
contribuírem objetiva e construtivamente para superarmos mais este desafio, como já o fizemos
juntos ao longo da história do associativismo da indústria, comércio e serviços encantandense.
Acreditamos que somos parte da solução.