Obras Destaques Estrela

CCR ViaSul anuncia instalação de usina de asfalto em Estrela

Estrutura será instalada às margens da BR-386 e atuará nas obras de transformação da rodovia e fabricará todo o insumo utilizado pela concessionária no Estado

A CCR ViaSul anunciou em agenda com o prefeito de Estrela, Elmar Schneider, a instalação da usina de asfalto da Concessionária no município. A estrutura será implantada na altura do quilômetro 358 na BR-386 e deverá iniciar a operar a partir de julho deste ano. O investimento de R$ 20 milhões deverá gerar 40 empregos diretos, e inaugura também uma nova fase na empresa, que passará a investir na produção do asfalto utilizado no Rio Grande do Sul, a partir da unidade de Estrela.

A nova usina de asfalto que será implantada pela CCR ViaSul também reutilizará o material fresado extraído do antigo pavimento. Em outras palavras, com o avanço das obras de duplicação e de readequação da BR-386, as equipes da Concessionária realizam intervenções no pavimento já existente, gerando sobras que não podem ser reutilizadas imediatamente. Dessa forma, essas sobras de material fresado serão destinadas à usina, que reutilizará esse material na produção de novo um material, conhecido como concreto asfáltico ou CBUQ (concreto betuminoso usinado à quente).

Além da usina, também funcionará no local um sistema de derretimento de asfalto em estado sólido, bem como um laboratório responsável pelo controle de todas as etapas do processo de produção e industrialização.“Trata-se de uma iniciativa inovadora da CCR ViaSul e do Grupo CCR. Todo esse processo de reutilização de matérias-primas gerará uma economia de cerca de 30%, tanto no emprego de materiais quanto na exploração de recursos naturais do meio ambiente, indo ao encontro das práticas ESG adotadas pela CCR”, afirma o coordenador de Engenharia da Concessionária, Eduardo Meirelles.

Segundo ele, atualmente, três empresas atuam com aproximadamente 40 trabalhadores no local realizando as obras de implantação da usina, promovendo as adequações e adaptações para implantação da estrutura, posteriormente.

“Além da geração de novos empregos com a evolução de todas as obras, tem também o incremento no repasse do ISS ao município, promovendo o desenvolvimento local e de toda a região”, destaca o gerente de Atendimento da CCR ViaSul, Diogo Stiebler. “Importante destacar aqui também o apoio fundamental da Fepam ao longo de todo esse processo para implantação desta primeira usina da CCR ViaSul no Rio Grande do Sul”, pontua. O investimento na estrutura está projetado em R$ 20 milhões.

Uma grande notícia para Estrela

Para o chefe do Executivo estrelense, Elmar Schneider, o anúncio realizado no gabinete, nesta quarta-feira (04), é uma boa notícia para o município que já comemora os 146 anos de emancipação política. “É um presente a mais para a nossa comemoração. O asfalto é o principal produto para a construção de uma rodovia, e este produto será fabricado em nossa Estrela”, destaca.

Schneider explica que a instalação do empreendimento da CCR ViaSul em Estrela antecipa uma visão de futuro, para o planejamento do município para as próximas décadas. “Estamos falando da empresa que hoje realiza a maior obra do Vale do Taquari, que é a duplicação da BR-386 até Marques de Souza. Esta rodovia é fundamental para toda a região”, avalia o prefeito.

Investimentos na BR-386

A partir deste ano, a CCR ViaSul irá construir 10,2 quilômetros de faixas adicionais no trecho entre Lajeado e Estrela com barreiras de concreto divisórias entre as pistas, na BR-386. Os investimentos englobam, ainda, o alargamento de 10 pontes, a adequação de 5 interconexões e de um acesso, a construção de duas novas passarelas e de uma nova interconexão.

Serão cerca de 300 novos empregos na região. Ao longo dos 2 anos previstos para a conclusão de todas as ações, a Concessionária investirá aproximadamente R$1 00 milhões.

Ao todo, na BR-386 no trecho entre Canoas e Carazinho, serão duplicados 225,2 quilômetros da rodovia, com 10,2 quilômetros de construção de faixas adicionais e 75,5 quilômetros de novas vias marginais. Ainda, serão construídos 52 novos acessos, 28 novas interconexões, 27 retornos em nível, 18 novas passarelas, quatro passagens inferiores e 58,3 quilômetros de nova iluminação.

Todo esse investimento faz parte do programa de Concessão Federal no Rio Grande do Sul, tendo como órgão regulador a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

 

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Estrela/Divulgação

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *