Artigos - Desenvolvimento Rural

“Censo Agropecuário 2017 ” – por Cândida Zanetti

Cândida Zanetti (Foto: Divulgação)
Cândida Zanetti (Foto: Divulgação)

Tendo como objetivo geral traçar um perfil socioeconômico de áreas rurais de todo o país, o Censo Agropecuário 2017 vai ocorrer entre 1º de outubro de 2017 a 28 de fevereiro de 2018. Dezenove mil pesquisadores visitarão 5 milhões de estabelecimentos rurais. No questionário elaborado pelo IBGE, estarão perguntas como o tipo de produção, as condições de plantio, infraestrutura e mão de obra empregada.

O Censo Agropecuário é a mais completa investigação da estrutura e da produção agrícola, da pecuária, da silvicultura e da aquicultura no país. Nesse Censo será feito o levantamento dos dados nos estabelecimentos com atividades agropecuárias, florestais e aquícolas colhidas e/ou vendidas, bem como dos animais e do efetivo da lavoura permanente e da silvicultura (IBGE, 2017).

O resultado desse levantamento irá mostrar as transformações nas atividades agropecuárias ocorridas nos últimos onze anos, a política de redistribuição de terras, a expansão das fronteiras agrícolas, as alterações no uso do solo, o uso das práticas agrícolas, de conservação do solo e de tecnologias que envolvem a agropecuária (IBGE, 2017).

Não é uma pesquisa por amostra, logo todos os estabelecimentos rurais serão visitados. Os dados gerarão diagnósticos que servirão de base para o Governo e para os setores privado e acadêmico, uma vez que oferece suporte ao planejamento e à implementação de políticas públicas e privadas, bem como para a avaliação de ações e de políticas já implantadas, e ao estudo do desenvolvimento rural.

Por visitar todas as propriedades rurais é possível organizar diagnósticos regionais mostrando a diversidade da produção agropecuária brasileira. Em relação aos entrevistados, a veracidade das informações fornecidas será fundamental para um diagnóstico correto da situação da agropecuária. As informações prestadas pelo produtor são sigilosas.

Os resultados preliminares serão divulgados entre março e abril de 2018. Esses dados são esperados com muita expectativa para nós do Vale do Taquari, visto que a nossa agricultura familiar se desenvolveu muito nos últimos 11 anos.

Boa semana!

Cândida Zanetti – Bacharel em Desenvolvimento Rural e Gestão Agroindustrial (UERGS) e Mestre em Desenvolvimento Rural (PGDR/UFRGS). Atualmente Assessora Territorial de Inclusão Produtiva do CODETER VT.