Saúde Encantado Destaques

Em reunião com a secretária de Saúde do Estado, CONSISA traz melhorias ao Centro de Oftalmologia de Encantado

Encontro ocorreu na última terça-feira (15), em Porto Alegre. Avanços caminham para o tratamento oftalmológico ser realizado integralmente no Vale do Taquari.

Melhorias para o Centro de Oftalmologia de Encantado pautaram reunião, liderada pelo Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Taquari (CONSISA), com a secretária de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann. O encontro ocorreu na última terça-feira (15), em Porto Alegre.

Participaram o presidente do CONSISA e prefeito de Itapuca, Marcos José Scorsatto; o secretário executivo do Consório, Nilton Rolante; o diretor administrativo do Hospital Beneficente Santa Terezinha (HBST) de Encantado, Evandro Klein; e o gestor do Centro Regional de Oftalmologia de Encantado, Amarildo Dall Aago.

Scorsatto enaltece o esforço realizado pelos integrantes da comitiva na busca de recursos. “Mais uma vez estamos levando reivindicações e apoiando ações da área da Saúde, para que possamos tratar, especialmente, toda a área da oftalmologia no Vale do Taquari, em Encantado.”

Entre os assuntos abordados na reunião, destaque para a solicitação de alteração do Teto Físico Financeiro para a realização de cirurgias oftalmológicas. Atualmente, são feitas até 48 cirurgias por mês no Centro Regional de Oftalmologia de Encantado. Foi solicitado para que seja autorizada a realização de até 100 cirurgias mensais. Para atender esta demanda de diagnósticos e de procedimentos cirúrgicos, o CONSISA precisa que seja alterado o valor repassado pelo Estado, passando dos atuais R$ 127 mil para R$ 210 mil de teto.

O CONSISA já conseguiu a aprovação, pelo Governo do Estado, do incentivo a especialidade da oftalmologia que chegará em maio a R$ 70 mil mensais. No entanto, o número de cirurgias previstas e diagnósticos não é alterado desde 2005. Segundo o secretário executivo do Consório, também existe a possibilidade de serem aprovadas em torno de mil cirurgias oftalmológicas e 500 novas consultas para o ano de 2022, por meio do programa Avançar na Saúde, o que não exclui o pleito ao aumento Teto Físico Financeiro.

Também está sendo solicitado junto ao Governo do Estado um Campímetro Humphrey Zeiss HFA 750i, equipamento responsável a identificar defeitos do campo visual para fins de triagem, monitoramento, auxílio no diagnóstico, tratamento de doenças oculares como o glaucoma e distúrbios neurológicos relacionados. O aparelho está orçado em R$ 200 mil.

Apoio ao HBST

No encontro, Scorsatto e Rolante apoiaram reivindicações na busca de melhorias para o HBST, casa de saúde responsável por realizar os procedimentos de oftalmologia via CONSISA. Foi aprovada a autorização para o tratamento de glaucoma no Centro Regional de oftalmologia, o que já poderá ser feito a partir deste ano de 2022. Já para a possibilidade de realizar o tratamento de retina ficou acertado que o hospital encaminhará o projeto. Hoje, tal procedimento é feito em Porto Alegre.

Além disso, o CONSISA apoiou o HBST em seu pleito na busca de incentivos para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), para adequar o sistema de refrigeração; e nas adequações do centro cirúrgico e do pronto-socorro. As solicitações de recursos para investimento no HBST chegam a R$ 2 milhões. Os projetos serão encaminhados pelo ho

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *