Negócios Investimento Destaques Taquari

Energia solar na Pella Bethânia: economia mensal de R$ 5,5 mil para investir em seus residentes

Usinas de energia solar na Pella Bethânia irão gerar economia mensal de R$ 5,5 mil

Duas usinas têm capacidade de atender até 95% da demanda energética da instituição

 Desde a semana passada, a Associação Beneficente Pella Bethânia, de Taquari, produz a sua própria energia elétrica por meio de duas usinas fotovoltaicas. Com capacidade de atender até 95% da demanda da instituição, a novidade, inaugurada nesta terça-feira, dia 25 de janeiro, gerará uma economia mensal estimada em R$ 5,5 mil, recurso este que pode ser investido nas inúmeras ações que visam o bem estar e a qualidade de vida das 150 pessoas acolhidas.

No total, são 276 paineis fotovoltaicos, que irão gerar uma economia anual de aproximadamente 150 mil kWh na conta de luz. Isso representa a demanda energética de 95% das unidades consumidoras da instituição, especialmente no período de maior incidência de sol. Uma iniciativa que vai ao encontro de um dos valores da Pella Bethânia: a sustentabilidade ambiental.

A usina de 71,20 quilowatts-pico (kWp) tem 160 paineis e gerará anualmente 83.500 kWh, trazendo uma economia mensal superior a R$ 3,2 mil. Ela representa uma redução de 755.632 kg de gás carbônico na atmosfera e equivale a 5.307 árvores plantadas. Já a usina de 52,51 quilowatts-pico (kWp) tem 116 paineis e gerará anualmente 60.500 kWh, trazendo uma economia mensal superior a R$ 2,3 mil. Ela representa uma redução de 540.692 kg de gás carbônico na atmosfera e equivale a 3.862 árvores plantadas.

As duas usinas estão localizadas atrás do ginásio de esportes da Pella Bethânia, local de incidência direta de sol, e foram instaladas pela empresa Sollar Sul Energia Solar, com sede em Taquari. As obras de implantação das usinas de energia solar iniciaram no ano passado e foram concluídas na primeira quinzena de janeiro. E desde o dia 17 de janeiro, a Pella Bethânia produz a sua própria energia.

A solenidade de inauguração na manhã desta terça-feira, dia 25 de janeiro, reuniu direção, funcionários e diretoria da Pella Bethânia, além de representantes da empresa Sollar Sul. Na ocasião, se enalteceu a importância da energia solar na instituição, que, além de ser uma energia limpa, gerará uma economia mensal, recurso que será investido diretamente em ações voltadas às pessoas acolhidas.

O diretor geral da Pella Bethânia, Dério Milke, enalteceu que a energia solar representa um grande marco no ano que a instituição comemora 130 anos de atividades. “No ano em que completamos 130 anos de profissionalismo, amor e cuidado ao próximo, nos tornamos praticamente 100% autossuficientes em produção de energia elétrica. Isso impactará diretamente na qualidade de vida das pessoas acolhidas. São R$ 66 mil por ano a menos em energia elétrica, que serão investidos nas pessoas que acolhemos”, sublinhou.

O CEO da Sollar Sul, Leonardo Porto, enalteceu que as usinas da Pella Bethânia são o maior projeto em solo de Taquari. “Uma instituição centenária, que faz parte da história de Taquari, está pensando no futuro e garantindo a sua independência energética. Só temos a agradecer a confiança”, frisou.

Usinas de energia solar na Pella Bethânia

– 276 paineis fotovoltaicos;

– potência do sistema solar de 123,71 kWp;

– economia anual de aproximadamente 150 mil kWh na conta de luz;

– economia mensal aproximada de R$5,5 mil, ou seja, R$ 66 mil por ano;

– redução de 1.304.923 kg CO2 na atmosfera;

– equivalente ao plantio de 9.321 árvores.

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer

 

CRÉDITOS DAS FOTOS: Édson Luís Schaeffer/Conte Comunicação & Marketing/divulgação

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *