Incentivo Destaques Estrela

Médicos-veterinários serão credenciados 

Ofício que autoriza profissionais da área a prestarem serviços em bovinos e/ou suínos dos produtores rurais de Estrela será assinado em ato

O Governo de Estrela realizará, na próxima segunda-feira (07), a formalização do credenciamento dos primeiros profissionais médicos-veterinários para a prestação de serviços de Assistência Veterinária Clínica junto a bovinos e/ou suínos em propriedades de produtores do município. O ato se realizará na Prefeitura Municipal, a partir das 17h. A medida, atrelada à Secretaria Municipal de Agricultura, visa o ressarcimento parcial dos produtores pelas chamadas, como também ampliar o quadro de profissionais disponíveis ao atendimento, democratizar o processo e fortalecer o vínculo com os respectivos prestadores de serviço habilitados.

O Chamamento Público (001.2021) pelo qual o governo estrelense buscou o prévio credenciamento dos profissionais ocorreu entre fevereiro e março. Entre as exigências junto aos candidatos, prestar o serviço diretamente nas propriedades dos produtores rurais (que possuam talão de produtor rural com inscrição no município); estar à disposição 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados, mediante serviço de plantão, informando no mínimo duas linhas telefônicas e possuir no mínimo um carro para atender imediatamente a solicitação do produtor rural, na ordem de registro das chamadas. O edital completo pode ser consultado no site da Prefeitura de Estrela no link Licitações. Aqueles que cumpriram com as normas terão agora formalizado o termo de credenciamento que os habilita e autoriza à prestação dos serviços.

De acordo com o secretário municipal da Agricultura, Douglas Sulzbach, trata-se de uma antiga demanda por parte dos produtores rurais. “Estamos oportunizando a mais profissionais veterinários a prestarem este trabalho, e da mesma forma auxiliando os produtores a custear parte deste serviço”, explica. “O principal motivo deste credenciamento é oportunizar uma maior abrangência no acesso a estes serviços, em questões como dias e horários, pois agora serão mais profissionais credenciados e autorizados a realizá-los, além de tornar mais democrático a escolha destes por parte dos produtores conforme a gratificação com o serviço prestado”, frisa.