Serviços Meio Ambiente Marques de Souza

Marques de Souza encaminha perfuração de poço e microaçudes

Maior problema é verificado com a falta de água para consumo animal

Por dia são transportados em torno de 100 mil litros de água para abastecer famílias no interior

A vertente localizada na propriedade da agricultora Dulce Busch, de Linha Orlando, abastece três famílias. No entanto com o agravamento da estiagem, a vazão caiu muito e por dia podem ser bombeados apenas 100 litros de água.

“Este poço nunca secou, mas agora está entrando em uma fase crítica. Dá apenas o suficiente para beber e cozinhar. Para matar a sede dos animais dependemos do caminhão pipa”, relata. A produção de leite também reduziu pela metade.

A filha Andreia mantém uma produção de hortigranjeiros, cujo desenvolvimento foi muito afetado depois que parou de irrigar. “Além da queda na oferta em mais de 80% em algumas variedades, a qualidade está muito ruim, quase não vale mais a pena colher. Nunca passamos por isso. Nem mais água para tomar banho temos.”

O vizinho Celésio Alceno e Arnilda Noll estão na mesma situação. Dependem do abastecimento da prefeitura para manter a criação de animais e realizar as necessidades básicas como cozinhar e tomar banho. “Se não fosse a prefeitura passaríamos sede. Nunca vimos uma estiagem tão forte e que durasse tanto tempo.”

Medidas anunciadas

Esta semana o prefeito em exercício Lairton Heineck (Republicanos) e o secretário de Obras Marcelo Stoll percorreram o interior para analisar a situação da falta de abastecimento de água em várias localidades, principalmente para o consumo de animais.

Entre as medidas adotadas está o encaminhamento da perfuração de um poço artesiano na comunidade de Linha Atalho e a construção de microaçudes por meio do Programa Avançar da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR).

“Para as famílias sem água potável para tomar estamos entregando bombonas por meio da Assistência Social. Já para os animais, levamos com caminhão pipa. A situação é muito preocupante e pedimos que todos usem a água com extremo cuidado, sem desperdícios e assim possamos evitar um racionamento.”

O município também trabalha na instalação de novas redes de água e reservatórios. Por dia são transportados em média 100 mil litros de água, principalmente para o abastecimento de animais.

Pedidos

A abertura de poços e reservatórios no interior para consumo de água aos animais deve ser feita pelo telefone (51) 3705-1081 ou (51) 9.9927-7511 (WhatsApp).

 

 

Foto Giovane Weber/FW Comunicação
Marques de Souza

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *