Artigos Destaques

O desafiador ano de 2021 comprovou a força do associativismo

A nossa Associação Comercial e Industrial de Encantado (ACI-E) vem aprimorando conceitos, destacando a importância do associativismo e cooperação, transformando sonhos em projetos relevantes e implementando-os, dia após dia, aproximando seus associados à entidade e facilitando aos envolvidos a adaptação às constantes mudanças impostas pelo mercado.

É necessário transformar, reinventar, inovar, aproveitar oportunidades, atender anseios e necessidades dos consumidores, inserir nossos empreendimentos ao cenário que se apresenta e adequar o modelo de gestão a esse ambiente.

A ACI-E acolhe, apoia e oferece condições para que os associados aprimorem conhecimento, cooperem entre si, se mantenham atualizados, formem novas lideranças, construam alternativas de solução conjunta, com estratégias e ações que promovam o seu desenvolvimento, estimulem o empreendedorismo e sejam bem sucedidos.

Foram muitos os desafios em 2021: pandemia, instabilidade econômica, insegurança jurídica, burocracia excessiva, projetos audaciosos. Porém, as conquistas superaram as dificuldades e saímos, ao final da nossa batalha, como empresários e seres humanos mais fortalecidos, mais confiantes. Entre as atividades desenvolvidas pela ACI-E podemos citar algumas, dentre as mais relevantes.

A ACI-E oferece cursos de capacitação, desenvolvimento e aperfeiçoamento em gestão empreendedora, promove palestras, realiza eventos diversos (Suinofest), compartilha de parceria, defende interesses coletivos dos seus associados junto a outras entidades e poder público.

Idealizado pela ACI-E e o Comitê do Futuro, em parceria com a Federação de Entidades Empresariais do RS (Federasul) e a Administração Municipal de Encantado, está sendo implementado no nosso município o Programa de Desenvolvimento Econômico Local (PRODEL) que, por meio de metodologia aplicada, viabilizará elaborar planejamento estratégico sustentável, visando ampliar a capacidade econômica do município, geração de empregos e qualidade de vida. No PRODEL estão sendo trabalhados, inicialmente, quatro eixos potenciais para desenvolvimento socioeconômico local: Educação empreendedora, Inovação, Turismo e Ambiente Empresarial. O Conselho do
PRODEL tem como Presidente de Honra o prefeito Jonas Calvi e os vice-presidentes Renata Galiotto e Vitor Fontana.

Uma das iniciativas que ganha força na ACI-E é o trabalho desenvolvido pelos Núcleos do Programa Empreender, parceria entre ACI-E, Confederação das Associações Comerciais e Empresarias do Brasil (CACB) e SEBRAE. Atualmente são seis Núcleos constituídos: Mulheres Empreendedoras SuperAção; Saúde do Vale; Jovens
Empreendedores; Desenvolvimento de Pessoas; e os de Turismo – Gastronomia e Hotelaria; Atrações, Eventos e Negócios.

Contamos com a atuação do Grupo de Apoio ao Associado (GAA), formado por lideranças voluntárias, profissionais com diferentes especialidades que, em parceria com a ACI-E, tem como objetivo acolher, apoiar e orientar nossos associados nas demandas de empreender.

A ACI-E também realizou a contratação de engenheiros especializados para fazer um estudo minucioso do projeto de concessão das rodovias estabelecido pelo governo do Estado. O estudo compreende o trajeto da ERS 129 e 130, que abrange o município de Encantado. O objetivo foi analisar a proposta do governo e identificar necessidade de adequações e apontar as melhorias para ajustes no Plano de concessão, viabilizando o
trafego e mobilidade urbana apropriada, assim como o acesso às empresas e
comunidades lindeiras com segurança. A ACI-E, em parceria com o Governo Municipal
e a Câmara de Vereadores vem defendendo junto ao governo estadual, com diversas e
diferentes ações, a remoção da praça de pedágio localizada no Bairro Palmas, em
Encantado.
A nossa Associação também congrega força junto a entidades regionais, Codevat, CIC-
VT e Federasul, na defesa de interesses coletivo da região, entre eles, a extinção da
outorga, a redução do prazo para duplicação das rodovias, a tarifação pelo sistema
free-flow, ou seja, o pagamento de tarifa de acordo com o trecho da via efetivamente
utilizado.

Enfim, a força das entidades representativas vem ganhando espaço e demonstrando capacidade de mudar o rumo, dar um norte diferente aos enfrentamentos vivenciados nos mais variados âmbitos – social, cultural, ambiental, político e econômico. Nesse aspecto, nossa ACIE-E se destaca pela participação, desempenho e representatividade
local e regional.

O momento é este, congregar forças e potencialidades, trabalhar juntos, poder público, entidades, lideranças empresariais, comunidade, com pensamento e ações guiadas por princípios e valores, numa relação de confiança mútua, envolvidos pelo propósito de promover o desenvolvimento socioeconômico da nossa região.

Maria Cristina Buffon Castoldi, empresária, presidente da ACI-E na gestão 2021

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *