Iniciativa Destaques Lajeado

Pacto Lajeado pela Paz segue formando facilitadores da paz em Lajeado

O projeto Pacto Lajeado pela Paz, da Prefeitura de Lajeado, segue formando Facilitadores da Paz por meio dos Círculos de Construção de Paz da Justiça Restaurativa. Na última semana, uma turma de 11 servidores municipais receberam o certificado de facilitadores. Para a capacitação, são formados grupos pequenos de pessoas para que sejam respeitadas as medidas sanitárias e de distanciamento social em razão da pandemia.

O curso de Formação Básica para Facilitadores de Justiça Restaurativa foi ministrado pela instrutora e coordenadora da Justiça Restaurativa, Tânia Fröhlich Rodrigues, e tem como objetivo formar pessoas capazes de promover o fortalecimento dos relacionamentos nos seus ambientes de convivência, a fim de minimizar as situações de conflitos nos espaços comunitários, familiares e de trabalho. Entre os conteúdos abordados, estão os conceitos e os princípios da Justiça Restaurativa, práticas restaurativas, vivência de facilitador e comunicação não violenta.

Para a servidora Bárbara Ecke, que participou do curso de facilitadores, a experiência de participar dos círculos de construção de paz foi desafiadora.

– Apesar de eu me considerar comunicativa, alguns assuntos não são divididos com os outros por constrangimento. Nos círculos se cria um clima e um ambiente propício para que todos possam dividir com os colegas suas angústias e seus problemas, recebendo apoio e formando uma rede de solidariedade. O que considero mais importante de tudo isso é a escuta atenta, a conversa olho no olho, que muda a forma como estreitamos os laços – contou Bárbara.

Da mesma forma, Vera Lucia Kaufmann sentiu o acolhimento proporcionado pelos círculos de paz.

– Estava aguardando há muito tempo a oportunidade de realizar a formação de facilitador da paz. Durante o curso, várias propostas foram apresentadas e vivenciadas, com o intuito de desenvolver o autocuidado e o autoconhecimento, visto que o círculo tem como objetivo a resolução de conflitos através do diálogo. Foram momentos de acolhimento, de trocas e, principalmente, de escuta. Agradeço pela oportunidade de participar deste momento único e de muita aprendizagem – falou Vera.

Ao todo, o Pacto Lajeado pela Paz já formou 256 facilitadores da paz, entre servidores municipais, autoridades, pessoas da comunidade e de organizações.

COMO EMPRESAS PODEM PARTICIPAR

Empresas que desejam disponibilizar os cursos de facilitadores da paz para os funcionários podem entrar em contato com a coordenadoria do Pacto Lajeado pela Paz, pelo e-mail pacto@lajeado.rs.gov.br