Vale do Taquari Destaques Turismo

Programa inédito vai acelerar o turismo de sete municípios no Vale do Taquari

A iniciativa será lançada oficialmente no próximo dia 03/02, em Poço das Antas

O ano de 2022 representa um marco para um dos setores de maior potencial econômico do Vale do Taquari. Depois de seis meses de planejamento, identificação de oportunidades e soluções – e muita troca de ideias entre os diversos parceiros da iniciativa -, representantes dos municípios de Paverama, Westfália, Colinas, Fazenda Vilanova, Teutônia, Imigrante e Poço das Antas realizam o lançamento oficial do Programa Acelera Turismo nos municípios do G7. Um encontro na quinta-feira (03/02), às 16h, no auditório da Prefeitura Municipal de Poço das Antas (Av. São Pedro, 1213) irá marcar o início da fase de execução do programa, que será realizado ao longo dos próximos 12 meses.

Neste primeiro momento, a iniciativa terá um caráter estruturante, no qual os parceiros – tanto do âmbito público quanto privado – irão conceber planos de desenvolvimento para o turismo de cada município. O programa está baseado em seis pilares centrais: as estruturações dos Conselhos Municipais e dos Planos Municipais de Turismo de todas sete cidades participantes; ações de conscientização da comunidade; embelezamento das cidades (infraestrutura, sinalização turística, dentre outros pontos); fomento ao crédito; comercialização do destino, e qualificação das empresas e da mão de obra.

O objetivo final da iniciativa é acelerar o desenvolvimento turístico na microrregião por meio do apoio aos municípios, qualificação dos empreendimentos, mão de obra e envolvimento da comunidade, tornando-se uma microrregião de referência no Vale do Taquari. A expectativa é que, a partir de fevereiro de 2023, as primeiras entregas do programa cheguem ao consumidor final – turistas gaúchos de fora do RS – na forma de pacotes e roteiros inéditos.

“Além do planejamento e estruturação, teremos ações práticas como a revitalização e remodelagem de espaços públicos, pontos turísticos e obras de mobilidade urbana.”, relata o analista de articulação de projetos do Sebrae RS, Diego Zenkner. Segundo ele, outro ponto importante será a capacitação de pessoas. “É um trabalho que passa fundamentalmente pela sensibilização das comunidades de cada município. São elas que, em última análise, atendem às pessoas que visitam a região e assim podem exercer um atendimento diferenciado”, explica.

A sinergia entre parceiros é outro destaque do programa. Além do Sebrae RS, são parceiros da iniciativa Sicredi, Amturvales, Univates, Uergs, Senar, Senac e Emater. O programa conta ainda, neste primeiro momento, com a aceleração de 60 empreendimentos da microrregião, como atrativos turísticos privados rurais e urbanos; empreendimentos gastronômicos, meios de hospedagem, agências de viagem, entre outros.

Com um orçamento de mais de R$ 500 mil, o programa conta com apoio financeiro do Sicredi Ouro Branco que será responsável pela aquisição de placas de sinalização turística para os sete municípios.

 


Moglia Comunicação Empresarial

Assessoria de Imprensa Sebrae RS

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *