Cultura Encantado Destaques

Projeto Casa 7 encerra após concluir série de 10 programas

Mais de 16 mil pessoas acompanharam as lives

Criado com o objetivo de levar música, arte e cultura para a casa dos expectadores durante a pandemia, o projeto “Casa 7 Circuito Cultural Live” realizou no domingo (13), a última de uma série que contou com dez transmissões.

As lives, que vinham sendo exibidas todos os domingos, iniciaram em abril e foram transmitidas de diferentes pontos turísticos do Vale. A cada semana, um novo roteiro turístico era apresentado ao público, que não precisou sair de casa para acompanhar a história e características de locais como Museu do Pão, em Ilópolis; Lagoa da Garibaldi, em Encantado; Casa de Cultura de Estrela, em Estrela; Parque Histórico de Lajeado, em Lajeado; Museu do Tijolo, em Arvorezinha e Igreja de Pedra, em Arroio do Meio; além da cultura das cidades de Santa Clara do Sul, Colinas, Vespasiano Corrêa e Teutônia.

Atrações apresentadas

  • 11/04 – Valentina Roman e Vitor Delazeri.
  • 18/04 – Quinteto Canjerana, Paola Kirst e Fernando Graciola.
  • 25/04 – Marlon Gausmann e Leocardia.
  • 02/05 – Antonina Quarteto.
  • 09/05 – Daniel Burghardt em “As amigas da Norma parte 1” e Oficina de Acordeon com Maurício Horn e Jonatan Dalmonte.
  • 16/05 – Bruno e Tiago.
  • 23/05 – About Owls & Folks.
  • 30/05 – Kelly Carvalho e Trio.
  • 06/06 – Daniel Burghardt, em “As amigas da Norma parte 2” e Oficina de Acordeon com Maurício Horn e Jonatan Dalmonte.
  • 13/06 – Orquestra de Encantado.

Marlon Gausmann, que já participou de projetos semelhantes durante a pandemia, explicou que a experiência foi gratificante. “Pude mostrar um pouco mais esse lado como cantor, que está presente só no meu trabalho com a Orquestra de Teutônia.  Em todos os outros trabalhos que realizo, sou Maestro e Regente, onde não costumo cantar”, contou Marlon, que respira música desde os 8 anos e que atualmente é professor de música, músico profissional, Maestro da Orquestra de Encantado, cantor da Orquestra de Teutônia e também possui experiência com aulas de música.

“Foi um prazer para nós, pois estávamos a um bom tempo sem tocar e de alguma maneira não podendo mostrar nosso trabalho pela região, nos sentimos muito gratos pelo convite”, disse o músico Guilherme Nyland, que integra a banda About Owls & Folks, grupo que atua no estilo folk e busca transmitir sentimentos e experiências através da música.

100% on-line, os eventos foram transmitidos pelas redes sociais do Portal Região dos Vales. Somando as visualizações de todos os programas, 16.500 pessoas prestigiaram as lives, uma média de 1000 pessoas por transmissão. As apresentações estão disponíveis na íntegra no Facebook e YouTube do Portal Região dos Vales.

“Participei de forma indireta, escrevendo roteiros e fazendo algumas participações em projetos artísticos neste formato. A iniciativa do “Casa 7 Live” foi sensacional e seria maravilhoso que não terminasse” afirmou Daniel Burghardt, que trabalha profissionalmente com arte há 17 anos e participou de duas apresentações do Projeto. ”Foram duas experiências incríveis. Um grande prazer, mesmo que de forma remota, levar risos às pessoas, ao público! Acredito fielmente que foi tão revigorante para os atores/atrizes quanto para o público que prestigiou as apresentações, se não mais”, resumiu Daniel.

Fernanda Zanatta, que acompanhou o projeto de casa, resumiu a iniciativa como “uma oportunidade para o público ter acesso à diferentes traços culturais do Vale”. “Saber mais sobre a história e a cultura de tantas cidades da nossa região e ainda prestigiar diferentes nomes da nossa música foi uma experiência rica”, disse.

Ao longo das semanas, o projeto “Casa 7 Live” realizou sorteios de kit’s com florais, da empresa Floral Thérapi. Os florais têm sido usados nos últimos 80 anos mundialmente como terapia complementar. As essências têm o poder de harmonizar emoções, trabalhando sutilmente para restaurar o equilíbrio emocional.

O primeiro foi sorteado para Gabriela Cadore Baldo; o segundo, para Tatiana Beatriz Schmeier Carvalho e o terceiro ganhador foi Paulo Silva.

O projeto cultural Casa 7 Circuito Cultural Live contou com o patrocínio de Floral Thérapi; realização de Região dos Vales Comunicação Digital e financiamento do Pró-cultura, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.