Artigos - Saúde e Bem-estar

SAÚDE INTEGRAL E ESPIRITUALIDADE – por Eliana Giacobbo

Eliana Giacobbo (Foto: Divulgação)

Qual é a frequência que alimentamos nosso corpo? Duas, três, seis vezes por dia, ou mais. E qual é a frequência que alimentamos nossa alma? O final de mais um ano está chegando, muitas festas, comemorações, formaturas, algumas despedidas, momento de plenitude e também de nostalgia. Plenitude por chegar ao final de ano rodeado de amigos, por ter realizado sonhos, por ter conquistado coisas importantes ou simplesmente por existir. Momentos nostálgicos por não ter mais pessoas amadas por perto, por não ter conseguido chegar onde foi sonhado no início do ano, por não ter feito o que “devia ter feito”, talvez até um sentimento de fracasso toma conta de nosso ser. Esse é um momento da nossa vida que usamos para fazer um balanço das ações programadas lá no início do ano. Que pena!  Que pena que muitas pessoas só fazem o balanço no final do ano, e não fazem nenhum do final do mês, no final do dia ou no final de cada ação. Todos os dias precisamos nos alimentarmos, beber água, ir ao banheiro, escovarmos os dentes (no mínimo três vezes ao dia)…

Diariamente damos atenção para o alimento do corpo físico, mas raramente damos atenção para o alimento da mente, e muito menos ainda damos atenção para o alimento da alma. Damos atenção ao presente de amigo secreto, a decoração da festa, o vestido usado na formatura, o tapete vermelho, o carro que a noiva chega, os doces da festa, a mesa posta… não que isto não seja importante. Sabemos que vivemos em um mundo material, com um corpo físico que precisa se alimentar, se vestir e se locomover. Mas já estamos muito cientes também que precisamos alimentar nossa alma se quisermos viver uma vida significativa. E não é só o alimento de final de ano ou do alimento no dia da ação de graças, mas sim todos os dias, TODOS OS DIAS!!

Se déssemos mais atenção ao alimento da alma, o alimento do corpo não teria tanto significado e não seria o centro das atenções. Se prestássemos mais atenção para o que realmente nos “preenche” ou “sacia”, o que realmente nos coloca em estado êxtase ou de “flow”, ou seja, de fluxo são os sentimentos e emoções, os sentimentos e emoções que nos deixam plenos. Nossa saúde somente é integral quando TODOS OS DIAS alimentarmos o corpo, alimentarmos a mente e alimentarmos a alma. DIARIAMENTE!! Assim podemos além de ver, podemos sentir a saúde em nós, sem pensar se é início ou final de ano. Então, qual é a frequência que a sua alma é alimentada?

Eliana Giacobbo – Nutricionista Coach de Emagrecimento