Coronavírus Teutônia

Teutônia recomenda o uso de máscaras caseiras em espaços públicos e privados

O uso de máscara, preferencialmente de tecido, é recomendado à população

Máscaras devem se preferencialmente de tecido e ter camada dupla. Seu uso não substitui outros cuidados, como lavar as mãos com água e sabão, usar álcool gel quando necessário e manter o distanciamento social, de pelo menos 1,5 metro entre as pessoas

 

Com o decreto que flexibiliza a abertura do comércio, a Prefeitura de Teutônia está recomendando o uso de máscara caseiras, preferencialmente de tecido (que de ser duplo), pela população ao circular pelos espaços públicos e compartilhados, como meio de reduzir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus. Seu uso não substitui os outros cuidados de higienização e prevenção.

A Secretaria de Saúde lembra que máscaras feitas em casa não são uma segurança absoluta. Por isso, o uso da máscara não deve substituir outros cuidados, como lavar as mãos com água e sabão, usar álcool gel quando necessário e manter o distanciamento social, de pelo menos 1,5 metro entre as pessoas.

A Secretaria de Saúde ainda lembra que as máscaras criam proteção ao criar uma barreira física que ajuda a evitar que pessoas contaminadas (sintomáticas ou não) espalhem o vírus no ambiente por meio das gotículas que saem da boca ao falar, tossir ou espirrar. Em outras palavras, a máscara não evita – mas difuculta – que a pessoa que usa se contamine, entretanto, ajuda a reduzir os riscos de que uma pessoa contaminada possa infectar as outras pessoas.

Por ora, está se recomendando o uso da máscara pela população. O Município ainda está analisando a possibilidade de determinar ou não o uso obrigatório da máscara. Isto dependerá dos critérios técnicos a serem levados em conta pelo Comitê de Atenção e Enfrentamento ao novo Coronavírus de Teutônia.

 

Cuidados e como usar a máscara

Além de o tecido ser duplo, é muito importante seguir o passo a passo para ajustá-la no rosto:

1. Antes de utilizar a máscara, que pode ser feita em casa, é preciso se certificar de que ela está higienizada.

2. Na hora de colocá-la, primeiro é preciso esterilizar as mãos, lavando-as com água e sabão por cerca de vinte segundos ou higienizá-las com álcool. Só então pegue a máscara pela parte que se ajusta a orelha, nunca pela parte do tecido que ficará junto ao rosto.

3. A máscara deve ser ajustada ao rosto de forma a cobrir o nariz e a boca. É importante que, durante a utilização, a pessoa evite tocá-la com as mãos. Toda vez que for preciso ajustá-la, deve-se higienizar a mão antes.

4. O ideal é ter mais de uma máscara para fazer a substituição caso precise usar o item por um tempo mais longo. A cada duas horas ela deve ser trocada e guardada dentro de um saco plástico para ser higienizada mais uma vez e, só então, reutilizada.

5. Cada pessoa deve ter sua própria máscara.

 

Como higienizar a máscara

Antes de usar a máscara de tecido e depois de tê-la usada, é necessário higienizá-la:️

1. Antes de retirar a máscara, é preciso lavar as mãos com água e sabão, para evitar a contaminação no momento da retirada.

2. A máscara deve ser imersa em recipiente com água potável e água sanitária (cerca de 2 colheres de chá de água sanitária em meio litro de água) por 30 minutos.

3. Após este período de molho, ela deve ser enxaguada e lavada com água e sabão.

 

4. Com a máscara limpa, vem a secagem. Deixe as máscaras sempre penduradas em locais bem arejados. Quando ela estiver bem seca, ela deve ser passada a ferro e acondicionada em saco plástico limpo.

5. Após lavar a máscara, é preciso lavar as mãos com água e sabão.

 

 

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer
CRÉDITOS DAS FOTOS: Édson Luís Schaeffer/divulgação
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Teutônia

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *