Turismo Vale do Taquari Destaques

Trem dos Vales prepara quarta edição

Paisagens turísticas, viadutos e ferrovias fazem parte de um trajeto conhecido feito de trem pelo interior da região. Este ano, o Trem dos Vales chega em sua quarta edição e traz de volta um outro percurso. Agora, além da travessia Guaporé-Muçum, os turistas também podem optar pela rota Colinas-Roca Sales.

Os passeios estão previstos para o segundo semestre, entre agosto e novembro. De acordo com o coordenador da iniciativa, Rafael Fontana, a organização solicitou à Rumo Logística, responsável pela administração da Ferrovia do Trigo, que sejam feitos 60 passeios neste ano e esperam a confirmação das datas para a divulgação.

O caminho entre Colinas e Roca Sales já fez parte do roteiro em 2020. Segundo a Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), ainda existe um projeto para reativar os cerca de 14 quilômetros das linhas ferroviárias que ligam o município a Estrela, e incluir a cidade no trajeto.

Os vagões que compõem o Trem dos Vales pertencem à ABPF, e ficam em Rio Negrinho, Santa Catarina, em uma das poucas oficinas de reparos de trens do Brasil. O conjunto deve chegar ao Vale em agosto, para o início dos passeios.

De olho na economia

Além de promover o turismo, o projeto também traz ganhos para a economia. Segundo Fontana, no ano passado, a movimentação de turistas que vieram ao Vale para os passeios provocou uma injeção de R$ 6 milhões na economia regional. Este ano, a expectativa é de R$ 8 milhões.

“A cada ano nós estamos aumentando o número de passeios e o fluxo de turistas de outras regiões do estado e do país. Isso tem estimulado empreendedores a terem serviços mais estruturados, e tem fortalecido o turismo regional”, destaca.

Presidente da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Leandro Arenhart destaca que a ideia é tornar o trem um atrativo semanal. Por isso, além do vagão apelidado como Cacique, que foi reformado no ano passado, outros dois vagões e uma locomotiva já são preparados para integrar um trem definitivo para a região. Para o projeto sair do papel, no entanto, ainda é preciso autorização da Rumo.

O percurso

No roteiro de Guaporé a Muçum, o Trem dos Vales passa pela histórica Ferrovia do Trigo localizada entre a Serra Gaúcha e o Vale do Taquari, cortando os municípios de Guaporé, Dois Lajeados, Vespasiano Corrêa e Muçum. Com um percurso de 46 quilômetros, o trajeto passa por 21 túneis e 18 viadutos, sendo um deles, o maior da América Latina, o Viaduto 13.

O projeto é uma iniciativa da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), em parceria com a Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), e conta com o apoio e cooperação da Rumo Logística. Este ano, a expectativa é de mais de 30 mil visitantes.

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *