Iniciativa Destaques Estrela

Tudo pronto para segunda semana do Ginástica no Parque

Sucesso em suas primeiras ações, programa reuniu em média 60 pessoas por aula, de crianças a idosos. Atividades gratuitas e orientadas, nas terças e quintas-feiras, ainda permitem inscrições

Com grande adesão popular nas duas primeiras aulas, crescem as expectativas para a abertura da segunda semana do projeto Ginástica no Parque, que em fevereiro oferecerá aulas gratuitas de exercícios físicos, aeróbicos e localizados, e outras atividades, ao público em geral. Oportunizadas pelo Governo de Estrela através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), as aulas ocorrerão ao menos neste primeiro mês sempre às terças e quintas-feiras, a partir das 19h, no Parque Princesa do Vale – na área coberta, ou seja, ocorrem com qualquer tempo. Não é necessário realizar inscrições antecipadas, mas sim preencher cadastro no local.

A participação do público nas duas primeiras aulas foi considerada muito boa pela professora Joana Diedrich. “Uma média de 60 pessoas por aula. Tanto daqueles que vieram nas duas aulas, como muitos que apareceram na segunda já trazidos por quem participou da primeira e gostou”, destaca ela. “E pessoas de todas as idades. Desde netos acompanhando seus avós, aproveitando para um momento de integração, como casais. E isso é o que esperamos. Um grupo bastante heterogêneo”, destaca ela.

Não é necessário realizar inscrição antecipada ou pagar alguma taxa. Basta preencher um breve cadastro antes da aula iniciar, apenas para controle da Secel. Também não é necessário levar materiais, além de toalhas e garrafinhas de água particulares. “E, é claro, não pode faltar a vontade de participar e estar conosco. Nossa única pedida seria, talvez, a quem tem seu colchonete particular, que traga junto para os exercícios realizados junto ao chão”, explica Joana.

Ao seu ritmo

Joana Diedrich reitera que o aluno não precisa se preocupar pelo fato de não realizar rotineiramente exercícios físicos ou ter perdido as primeiras aulas. “A nossa proposta é realizar aulas aeróbicas e localizadas. Iniciamos com o aeróbico, depois a localizada, e no final ainda propomos uns alongamentos. Eu programo um tempo de exercício e um tempo de descanso. Se você já realiza exercícios, atividades físicas, e tem a ideia de ter um ritmo mais forte, você o faz, no seu tempo, no respeito aos seus limites. Se tens ideia de fazer algo mais leve, porque estás começando ou tens mais idade, da mesma forma. Cada um ao seu ritmo”, detalha. “Tanto que nas primeiras aulas tivemos desde crianças a pessoas bem mais idosas. E tudo ocorreu sem problemas porque são exercícios bem simples, leves, principalmente no início, todos juntos e cada um a seu tempo, até porque queremos englobar o maior número de pessoas. Mas claro que sempre vamos buscar evoluir.”

Add Comment

Clique aqui para deixar um comentário

Por favor, preencha o campo *